Follow me:

Num mundo cheio de melhores, surpresa é a marca assumir a verdade

Uma das regras implícitas em mercados super povoados de marcas parece dizer que você é a melhor entre a multidão. Vale para diversas categorias. O discurso dos superlativos, mais saboroso, mais rápido, mais avançado, mais conveniente. Geralmente quando tudo começa a ficar parecido entre as marcas competidoras, gritar mais alto passa a ser o caminho indicado. Assim, surgem slogans de superioridade, campanhas destacando as diferenças, redes sociais provocando adversários. E lá no fundo, os consumidores pensam: “mais uma marca igual às outras”.

 

Algumas vantagens já não fazem mais a diferença

 

Então pode ser a hora de ser sincero. Verdadeiro. Assumir além das suas forças (não as de mentirinha), também as suas fraquezas. Aqui entra em ação o Agente da Ruptura, uma das formas de capturar a atenção das pessoas, ativo cada vez mais raro no mundo dos discursos chatos e iguais. Esse parece ser o recurso o qual a cerveja Carlsberg tirou do freezer. Anteriormente seu slogan já dizia que ela era provavelmente a melhor cerveja. Agora, no entanto, seu posicionamento assume um lado mais autêntico. Provavelmente não a melhor cerveja. Além de verdade, tem humor e auto ironia bem adequada para o segmento em que está. E com grandes chances de pular fora da multidão de outras marcas com um bom trabalho de branding.

Veja mais dessa história aqui: 

https://www.marketingweek.com/2019/05/22/carlsberg-brings-its-probably-not-the-best-beer-campaign-to-tv/

Previous Post Next Post

You may also like

No Comments

Leave a Reply